CGI e Chapter Zero Brazil

Climate Governance Initiative (CGI) é uma iniciativa do Fórum Econômico Mundial que tem por objetivo mobilizar os conselhos de administração a abordar o desafio da mudança climática em suas organizações.

Criada em 2019, como desdobramento de um grupo de trabalho do Fórum, o movimento conta com um crescente número de apoiadores pelo mundo, formando assim uma rede global de organizações independentes.

O IBGC é o Chapter Zero Brazil, capítulo brasileiro da CGI, e tem o compromisso de promover conteúdos e eventos para informar, trocar ideias e compartilhar experiências sobre ações que minimizem as mudanças climáticas, em prol do planeta.

O objetivo é sensibilizar e capacitar os conselheiros de administração e as lideranças empresariais para que identifiquem os riscos e oportunidades que a emergência climática representa.

Nossa missão

A mudança climática é uma emergência global. Nossa resposta ao desafio terá impacto na estabilidade da economia e dos mercados e requer colaboração entre os setores público, privado e financeiro. As empresas têm um papel crucial a desempenhar na transição para uma economia líquida zero. No entanto, a desigualdade de conhecimento sobre o tema no nível do conselho de administração, enfraquece sua capacidade de abordá-lo adequadamente. Equipar os membros de conselhos com ferramentas para abordar efetivamente as questões climáticas relacionadas à governança corporativa é essencial para garantir uma transição equitativa e eficaz que atinja os objetivos do Acordo de Paris. Portanto, nossa missão é mobilizar os conselhos de administração em todo o mundo para acelerar a transição líquida zero, tendo como norteadores os Princípios para uma Governança Climática Efetiva do Fórum Econômico Mundial.

CGI Charter

Carta da Iniciativa de Governança Climática (CGI)
As mudanças climáticas estão moldando uma nova realidade, criando riscos e oportunidades para os negócios de diversas maneiras. Investidores, reguladores e outras partes interessadas estão agora desafiando as empresas a assumir responsabilidades, adotando uma abordagem integrada e estratégica para lidar com a emergência climática. 

A necessidade urgente de enfrentar a emergência climática exige que governos e empresas acelerem a transição para um novo modelo econômico que seja consistente com as recomendações de 2018 do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC).

O Fórum Econômico Mundial desenvolveu um conjunto de Princípios de Governança Climática para conselhos de administração, com o objetivo de elevar o nível de consciência e habilidades climáticas dos conselheiros para que as considerações climáticas sejam incorporadas na tomada de decisões do conselho, endereçando os riscos e oportunidades que a emergência climática representa para a resiliência a longo prazo e o sucesso comercial de suas empresas, levando em consideração todas as partes interessadas.

Clique aqui para saber mais sobre a Carta que apresenta a visão e os objetivos que sustentam a Iniciativa. 

Agenda de eventos dos chapters da CGI

Os grupos que fazem parte da iniciativa global CGI - Climate Governance Initiative, conhecidos como chapters promovem uma série de eventos para discutir como as empresas podem incorporar o plano de mudanças climáticas às estratégias de seus respectivos negócios. Clique aqui e fique por dentro!

Histórico

Quer saber tudo que já rolou até aqui e assistir todos os nossos vídeos disponíveis?

Clique aqui e acesse

Frentes de atuação

Blog IBGC

Clique aqui para acessar nosso blog e acompanhe todas as notícias. 

Conheça as publicações disponíveis no Portal do Conhecimento

Acesse o portal de conteúdos do CGI sobre mudanças climáticas

Acompanhe notícias do Brasil e do mundo sobre mudanças climáticas.


Clique aqui e saiba mais

E mais...

Fórum Econômico Mundial - The Global Risks Report 2024, clique aqui para acessar

IPCC (Março 2023) - AR6 Synthesis Report: Climate Change 2023,  clique aqui para acessar.

IPCC Grupo de Trabalho 3 - (Abril de 2022): Climate Change 2022: Mitigation of Climate Change,  clique aqui para acessar.

IPCC Grupo de Trabalho 2 - (Fevereiro de 2022): Climate Change 2022: Impacts, Adaptation and Vulnerability,  clique aqui para acessar.

IPCC Grupo de Trabalho 1 - (Agosto de 2021): Climate Change 2021: The Physical Science Basis, clique aqui para acessar.

Na mídia

Confira o que foi destaque da iniciativa nos veículos de imprensa

  

RI

Conselheiros e Dirigentes pela Amazônia: Negócios Sustentáveis na Bieconomia

Confira

Estadão

Mudanças climáticas não são consideradas nas discussões de 47,6% dos conselhos das empresas

Confira

A economia B

O papel dos conselhos no avanço da agenda climática nas empresas

Confira
 

Point CM

Para uma transição sustentável, Brasil precisa de mais urgência e austeridade nas questões ambientais, sociais e econômicas

Confira

Valor Econômico

Saldo da COP26 ainda está em aberto. Mercado de carbono é mecanismo fundamental na transição energética

Confira

Estadão

Chapter Zero convoca conselheiros a colocarem crise climática no centro da estratégia de negócios.

Confira

Declaração do Chapter Zero Brazil – the IBGC Climate Forum sobre a COP26

Posicionamento para a COP26 - Climate Governance Iniciative (CGI)

Chapter Zero Brazil – the IBGC Climate Forum é o capítulo brasileiro da Climate Governance Initiative (CGI). Criada em 2019, como desdobramento de um grupo de trabalho do Fórum Econômico Mundial, a CGI é uma rede internacional de conselheiros de administração que visa o enfrentamento de temas relacionados às mudanças climáticas. 

Chapter Zero Brazil apoia o posicionamento recentemente publicado pela CGI que destaca a importância da COP26 para o engajamento de conselheiros com os impactos das mudanças climáticas (veja o posicionamento ao fim desta nota).

Os impactos climáticos sobre a América do Sul e o Brasil
Além da mensagem trazida pela CGI, destacamos que em nossa região, de acordo com as projeções do último relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), é muito provável que os impactos decorrentes de secas se intensifiquem devido às temperaturas globais mais elevadas, afetando a agricultura e os ecossistemas, potencializando a aridez e as alterações pelo uso do fogo na Amazônia. Ademais, é alta a probabilidade de que o nível do mar continue subindo e contribua para o aumento de inundações nas áreas costeiras mais planas. Portanto, os impactos climáticos irão demandar aos conselheiros decisões institucionais efetivas e informadas para mitigação dos riscos. 

Recomendações aos conselheiros brasileiros
Neste sentido, o Chapter Zero Brazil, em conjunto com as outras entidades parceiras abaixo subscritas, recomenda que:

i)  a análise das questões climáticas, pautada em critérios científicos e objetivando o alcance das metas de mitigação de emissões seja incluída de forma prioritária nas agendas dos conselheiros de administração; 

ii) o cumprimento das metas de redução de emissões resulte do esforço coletivo para a transição a uma economia de baixo carbono, com redução de pelo menos 50% dos índices até 2030 e neutralidade completa até 2050;

iii) a matriz de riscos das organizações contemple os impactos climáticos, socioambientais e econômicos como fatores prioritários;

iv) os administradores, incluindo conselheiros e executivos, busquem formação técnica, legal e institucional continuada para o endereçamento das questões climáticas nas agendas dos conselhos que integram e para orientar a tomada de decisões.
   
Chapter Zero Brazil - Parceiros 
Instituto Capitalismo Consciente Brasil
Sistema B Brasil
Rede Brasil do Pacto Global
Comissão Brasileira de Acompanhamento do Relato Integrado (CBARI)


Posicionamento para a COP26 – Climate Governance Initiative (CGI)

O Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) demonstrou que a ação humana está, inequivocamente, causando mudanças em nosso clima e isto já está afetando todas as regiões do mundo. A mudança climática é a maior ameaça ao sistema financeiro global e seus impactos afetarão todas as empresas. Ela representa elevados riscos no curto, médio e longo prazo, demandando que os conselhos de administração insiram a questão climática no centro de sua estratégia, avaliação de risco e processos de divulgação de informações. 

Diante do aumento da regulação e das expectativas dos stakeholders, as empresas devem se preparar para uma transição sem precedentes, em termos de velocidade e escala. Portanto, deverão responder adotando uma abordagem integrada e estratégica traçada pelo seu conselho de administração.   

Tendo em vista a COP26 e o cenário favorável à adoção de compromissos políticos mais ambiciosos, este é um momento crucial para os conselhos se engajarem no enfrentamento dos impactos climáticos, conduzir compromissos de longo prazo e traduzi-los em ações práticas e imediatas. Isto inclui assegurar que a estratégia de seus negócios é resiliente numa economia de baixo carbono e que o time executivo está capacitado para alcançar esta meta. As empresas também devem considerar os efeitos dessa transformação em larga-escala nos trabalhadores, fornecedores e na comunidade, que serão, em muitos casos, forçados a se reinventar ante as céleres mudanças. 

A CGI é uma rede global de fóruns de conselheiros com a missão de facilitar a transição para uma economia baixa em carbono até 2050 ou antes. Juntos, estamos comprometidos a alcançar ambiciosos objetivos climáticos por meio da promoção de uma efetiva governança climática nos conselhos de administração. Nós estamos construindo uma comunidade de conselheiros conscientes das questões climáticas relevantes, comprometidos com o desenvolvimento de habilidades e reunindo os conhecimentos necessários para desempenhar, a longo prazo, os seus deveres fiduciários a serviço da empresa.

A CGI reúne no total uma rede que excede 100.000 pessoas. Esses membros podem influenciar trilhões de dólares em capital e emissões de milhares de empresas por meio dos conselhos nos quais atuam.   

Se você é um membro de conselho numa empresa brasileira, esta é uma oportunidade para atuar na resposta global à emergência climática. Seu compromisso e liderança são essenciais para o sucesso da transição da sua empresa para uma economia baixa em carbono em emissões.     

Sobre a Climate Governance Initiative
A Climate Governance Initiative mobiliza conselhos de administração em todo o mundo para abordarem as mudanças climáticas em seus negócios. Fazemos isso desenvolvendo e apoiando associações nacionais que capacitam seus membros com as habilidades e conhecimentos necessários para lidar com as mudanças climáticas nos conselhos com base nos Principles for Effective Climate Governance do Fórum Econômico Mundial.

Descubra mais em climate-governance.org.

*Clique aqui e acesse a versão original na íntegra

Trilha ESG - Conheça os cursos do IBGC acerca do tema

A integração dos aspectos ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês) vem deixando o status de tema emergente para assumir de vez como pauta essencial na agenda estratégica das empresas. A fim de engajar os agentes de governança na temática, assim como subsidiá-los de conteúdo relevante da agenda nos negócios, o IBGC formulou a Trilha ESG, composta por 4 cursos. A trilha traz à luz o papel e as responsabilidades da governança corporativa diante as questões ESG, além dos riscos e oportunidades inerentes.

Clique aqui e veja os cursos da Trilha ESG com inscrições abertas

Dúvidas sobre o assunto?

Entre em contato conosco através do e-mail [email protected]