Sobre o curso

A velocidade, a intensidade e a complexidade das transformações que estamos vivendo colocam o mundo como um todo e, especificamente, o ambiente dos negócios, em xeque. Com a pandemia, a pauta ESG (no português: ambiental, social e governança) invade, definitiva e inexoravelmente, os Conselhos de Administração, exigindo das organizações e de seus dirigentes a revisão de seus papéis, responsabilidades e contribuições. Fica cada vez mais claro que os temas ESG não devem ser tratados de maneira apartada, mas como elemento da estratégia e da gestão e, portanto, em permanente conexão com as perspectivas de resultado, lucro e valor das empresas.

O novo contexto faz com que conselheiros de administração sejam demandados a incluir em seu repertório, com urgência e profundidade, conhecimentos sobre desafios complexos e sistêmicos que passam pela economia, sociedade e meio ambiente, e impactam diretamente a governança dos negócios e os processos de tomada de decisão.

Assim nasce o programa “ESG, como repensar e inovar os negócios em um mundo em transformação”: mais uma contribuição do IBGC no sentido de fortalecer e tornar ainda mais relevante o papel da Governança e de seus agentes, na construção de um legado positivo para as empresas e para o Brasil.

Saiba mais sobre a Trilha da Governança.

Principais temas abordados

  • ESG: os desafios contemporâneos e o papel dos agentes da governança
  • A evolução do conceito e a agenda estratégica nas empresas
  • A perspectiva econômica: iniciativas e tendências de mercado que impactam no resultado e valor das empresas
  • A perspectiva ambiental: desafios, riscos e oportunidades
  • A perspectiva social: temas prioritários e o papel das empresas
  • Protagonismo: organizações que aceleram o novo capitalismo e o papel das empresas
  • A inovação e o impacto das novas tecnologias 
  • Transformação de modelos de negócio regenerativos: possíveis caminhos e cases práticos
  • Cadeias de Valor: desafios, riscos e oportunidades
  • Cultura organizacional e a liderança

Metodologia

Aulas expositivas, reflexões em grupo e plenária, apresentação de cases práticos, painel com convidados.

Público

Conselheiros, candidatos a Conselhos e Comitês, que preferencialmente tenham a formação de Conselheiros pelo IBGC outra instituição equivalente, acionistas, profissionais seniores que aceleram a agenda estratégica da sustentabilidade nos Conselhos (exs: investidores, consultores, empreendedores seniores), altos executivos (CEOs e reportes diretos). Antes de ingressar no curso selecionado, seu currículo passará por uma avaliação prévia da equipe IBGC para garantir que sua escolha é compatível com sua experiência prévia.

Objetivos

  • Ampliar e aprofundar, sob a perspectiva da governança corporativa, a compreensão sobre os desafios ambientais, sociais e econômicos e como eles podem representar riscos e ameaças e, ao mesmo tempo, o caminho para a viabilidade, perenidade e legado das organizações;
  • Inspirar líderes e agentes da governança para o exercício do protagonismo na construção de soluções inovadoras que promovam a regeneração dos negócios e um novo sentido para o trabalho.

Coordenadores do Curso

Beatriz Pacheco

Beatriz Pacheco é psicóloga pela USP e mestre em Desenvolvimento Sustentável e Negócios pela Universidade of Bath, UK, com várias especializações no campo do desenvolvimento humano e organizacional e governança corporativa.
Desenvolveu uma carreira de 28 anos como executiva e consultora em Recursos Humanos e Sustentabilidade.
Como executiva, trabalhou na Unilever, Banco Real e foi Diretora Estatutária de RH e Sustentabilidade na Porto Seguro. Nestas organizações, sempre esteve à frente de projetos inovadores e de transformação cultural. Foi uma das pioneiras em Estratégia de Sustentabilidade nos Negócios no Brasil, tendo sido a primeira pessoa responsável pelo tema no Banco Real ainda em 2000.
Como consultora em Estratégia de Sustentabilidade, Transformação da Cultura Organizacional, Desenvolvimento e Educação de Lideranças já assessorou inúmeras organizações, entre elas: Natura, Banco Real/Santander, Alcoa, BP, Arcellor Mittal, Nokia, Medley, Tam, Sadia, Regina Festas, Fundo BRZ, Grupo Roncador, Protendit, Fundação Renova e WWF.
É membro da Comissão de Sustentabilidade do IBGC.

Ricardo Young

Ricardo Young Silva, empresário, nascido em São Paulo, foi um dos fundadores e presidente do Instituto Ethos e da ABF - Associação Brasileira de Franchising. Com visão empreendedora, transformou a empresa, a rede de escolas de Idiomas e educação internacional, Yázigi Internexus, num dos cases de franquias de desta que no mundo. Iniciou o Pacto de Integridade de Combate à Corrupção. Destacou se na defesa da Sustentabilidade, como um dos disseminadores da Carta da Terra no Brasil e signatário do Manifesto “Brasil com S”. Em 2010, foi candidato a Senador por São Paulo e obteve mais de 4 milhões de votos. Em 2012, foi eleito vereador da cidade de São Paulo, tendo como foco de sua atuação o exercício da pauta da sustentabilidade nas políticas públicas. Hoje, é um dos principais líderes do empreendedorismo socioambiental no país. Integra iniciativas como o Movimento Nossa São Paulo, Akatu, RAPS, IDS, IBGC e Rede Cidades Sustentáveis, entre outros. É pesquisador-convidado no programa de Cidades Globais do Instituto de Estudos Avançados IEA-USP, onde se dedica ao tema da complexidade e visão sistêmica na gestão urbana sustentável e consultor na CTI. Atualmente é presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos, onde coordena o Movimento Empresarial de Integridade e Combate à Corrupção ; e do IDS - Instituto Democracia e Sustentabilidade.

Curadoria

Tarcila Ursini

Tarcila Ursini é economista pela FEA/USP, advogada pela PUC, mestre em Desenvolvimento Sustentável pela University of London, UK. No inicio da carreira trabalhou como advogada na área societária e de fusões e aquisições, em escritórios no Brasil, Espanha e Inglaterra. Mas há 20 anos dedica-se a estratégia, inovação e cultura para a sustentabilidade no Brasil e na ultima década à inserção do tema na governança corporativa.

É Conselheira de administração no Grupo Korin e no Capitalismo Consciente. Representa o Brasil no Comitê de Multinacionais do BLab (certificadora das empresas B). É membro do Comitê de Estratégia, Inovação e Sustentabilidade do Grupo Baumgart, dos Comitês de Sustentabilidade dos Conselhos do Grupo Santander Brasil e do Grupo JSL/Movida e do Comitê de Inovação e Sustentabilidade do Conselho da Duratex.

Foi do Conselho de Stakeholders da GRI - Holanda, foi Conselheira suplente no ISE /B3. É membro da WCD - Women Corporate Directors e da Comissão de Inovação do IBGC.

Beatriz Pacheco

Beatriz Pacheco é psicóloga pela USP e mestre em Desenvolvimento Sustentável e Negócios pela Universidade of Bath, UK, com várias especializações no campo do desenvolvimento humano e organizacional e governança corporativa.

Desenvolveu uma carreira de 28 anos como executiva e consultora em Recursos Humanos e Sustentabilidade.

Como executiva, trabalhou na Unilever, Banco Real e foi Diretora Estatutária de RH e Sustentabilidade na Porto Seguro. Nestas organizações, sempre esteve à frente de projetos inovadores e de transformação cultural. Foi uma das pioneiras em Estratégia de Sustentabilidade nos Negócios no Brasil, tendo sido a primeira pessoa responsável pelo tema no Banco Real ainda em 2000.

Como consultora em Estratégia de Sustentabilidade, Transformação da Cultura Organizacional, Desenvolvimento e Educação de Lideranças já assessorou inúmeras organizações, entre elas: Natura, Banco Real/Santander, Alcoa, BP, Arcellor Mittal, Nokia, Medley, Tam, Sadia, Regina Festas, Fundo BRZ, Grupo Roncador, Protendit, Fundação Renova e WWF.

É membro da Comissão de Sustentabilidade do IBGC.

Ricardo Young

Ricardo Young Silva, empresário, nascido em São Paulo, foi um dos fundadores e presidente do Instituto Ethos e da ABF - Associação Brasileira de Franchising. Com visão empreendedora, transformou a empresa, a rede de escolas de Idiomas e educação internacional, Yázigi Internexus, num dos cases de franquias de desta que no mundo. Iniciou o Pacto de Integridade de Combate à Corrupção. Destacou se na defesa da Sustentabilidade, como um dos disseminadores da Carta da Terra no Brasil e signatário do Manifesto “Brasil com S”. Em 2010, foi candidato a Senador por São Paulo e obteve mais de 4 milhões de votos. Em 2012, foi eleito vereador da cidade de São Paulo, tendo como foco de sua atuação o exercício da pauta da sustentabilidade nas políticas públicas. Hoje, é um dos principais líderes do empreendedorismo socioambiental no país. Integra iniciativas como o Movimento Nossa São Paulo, Akatu, RAPS, IDS, IBGC e Rede Cidades Sustentáveis, entre outros. É pesquisador-convidado no programa de Cidades Globais do Instituto de Estudos Avançados IEA-USP, onde se dedica ao tema da complexidade e visão sistêmica na gestão urbana sustentável e consultor na CTI. Atualmente é presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Ethos, onde coordena o Movimento Empresarial de Integridade e Combate à Corrupção ; e do IDS - Instituto Democracia e Sustentabilidade.

Carga horária

30

15
cci

ESG: Como Repensar e Inovar os Negócios em um Mundo em Transformação

Categoria: Governança - Público: Profissionais de alta gestão e Conselho de Administração

Publicações relacionadas ao curso

Alguma dúvida?

Converse conosco

São Paulo e região: 11 3185 4200

Demais localidades: 4020 1733


*Em caso de força maior, o IBGC tem a prerrogativa de alterar a estrutura dos cursos