BB, Cemig e Natura compõem ranking global das 100 empresas mais sustentáveis

Brasileiras foram citadas em lista da revista canadense Corporate Knights

  • 23/01/2020
  • Equipe IBGC
  • Pelo Mundo

A fim de avaliar ações de sustentabilidade em negócios globais, a revista canadense Corporate Knights divulgou essa semana seu ranking 2020 das 100 companhias mais sustentáveis do mundo. A lista compartilhada durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, trouxe três empresas brasileiras: Banco do Brasil (9º lugar), Cemig (19º) e Natura (30ª posição). Mais de sete mil companhias foram analisadas.

De acordo com a publicação, temas como o aumento das emissões de carbono e protestos populares nunca foram tão importantes. O ranking avaliou aspectos econômicos, sociais e ambientais das companhias. O documento sugeriu ainda que evidências mostram que considerar as questões de sustentabilidade um dreno para os ganhos nos negócios é uma "percepção desatualizada".

“Devido ao fraco progresso dos países diante das negociações climáticas da COP25 [Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas], a ação corporativa sobre o tema nunca foi tão importante”, diz trecho de análise da publicação.

O primeiro lugar da lista foi da dinamarquesa do setor de energia Orsted, seguida pela também dinamarquesa de alimentos e outros agentes químicos Chr. Hansen Holding e pela petroleira finlandesa Neste Oyj, na terceira posição. Veja a lista completa

Nos últimos dias, gigantes globais como a Starbucks pareceram concordar com as premissas em questão. A rede de cafeterias anunciou que desenhará metas de redução de emissões e lixo produzido por suas lojas. Já a Avon, agora sob controle da Natura, deixará de testar produtos em animais em suas fábricas de todo o mundo.

Confira as últimas notícias do Blog IBGC

Notícias da semana: conselhos devem levar a sério as questões ASG

Notícias da semana: conselhos devem levar a sério as questões ASG

21/02/2020

Artigos trazem reflexões sobre a importância dos temas para o futuro das organizações; veja essa e outras matérias

Saiba mais
“Avanço da remuneração dos conselheiros espelha amadurecimento do mercado”

“Avanço da remuneração dos conselheiros espelha amadurecimento do mercado”

21/02/2020

Para gerente de Pesquisa e Conteúdo do IBGC, Luiz Martha, hoje há um entendimento maior sobre as responsabilidades e os riscos assumidos pelos conselheiros

Saiba mais
IBGC abre audiência pública para publicação sobre boas práticas em estatais

IBGC abre audiência pública para publicação sobre boas práticas em estatais

20/02/2020

Documento consolidará recomendações para empresas públicas e sociedades de economia mista

Saiba mais
Disrupção para conselheiros; conheça três fatores essenciais para garantir inovação

Disrupção para conselheiros; conheça três fatores essenciais para garantir inovação

19/02/2020

Relatório da EY aponta o que não pode faltar na construção de estratégias de longo prazo

Saiba mais
Arbitragem e seus dogmas

Arbitragem e seus dogmas

18/02/2020

Artigo de Gustavo Moraes traz reflexão sobre a real eficácia da arbitragem em matéria societária adotada no Brasil

Saiba mais
“Diversidade, engajamento e cultura devem constar na avaliação de executivos”

“Diversidade, engajamento e cultura devem constar na avaliação de executivos”

17/02/2020

Para CEO da Spencer Stuart, Fernando Carneiro, remuneração está longe de ser o item mais importante das discussões sobre desempenho

Saiba mais