Reino unido discute reforma na remuneração de executivos

Medida visa permitir retomar bônus pagos, em caso de colapso da empresa


  • 01/04/2021
  • Equipe IBGC
  • Pelo Mundo

As regras de governança corporativa do Reino Unido estão em via de serem atualizadas. O objetivo seria garantir que os contratos dos diretores incluam disposições, já em vigor nos bancos, para recuperar bônus pagos anteriormente. A ideia é impedir pagamentos futuros, no caso de as empresas entrarem em colapso ou nas quais tenham sido identificadas não-conformidades.

Segundo o jornal inglês The Guardian, o  governo britânico planeja tornar mais fácil recuperar os bônus pagos a executivos de empresas falidas no que está sendo anunciado como a maior mudança nas regras de governança corporativa da Grã-Bretanha em décadas, com ministros jurando atacar auditores negligentes e diretores desonestos.

Caso sejam adotadas, as mudanças representariam o ápice após anos de análise das regras do Reino Unido sobre relatórios financeiros e governança corporativa após as falhas da BHS, a loja de departamentos vendida por Sir Philip Green; a empresa de serviços terceirizados Carillion; e  Thomas Cook, a operadora de turismo que entrou em colapso após 178 anos no mercado.

As novas medidas forçariam as empresas maiores a fazer “declarações de resiliência” anuais, detalhando os riscos para o negócio, incluindo riscos climáticos. Os diretores também teriam de divulgar mais justificativas para o pagamento de dividendos ou bônus para grandes executivos.

Confira as últimas notícias do Blog IBGC